guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Celera: negócios da China

A Celera, empresa norte-americana criada e presidida por Craig Venter, que vem provocando uma contínua aceleração da corrida pelo seqüenciamento do genoma humano, adquiriu 47,5%da companhia chinesa de biotecnologia Shanghai GeneCore BioTechnologies Ltd. De acordo com uma nota publicada pela Nature de 20 de janeiro último,as ações pertenciam anteriormente à chinesa Axys Pharmaceuticals Inc., empresa da área genômica atuante nos centros industriais e acadêmicos do país.

Outra empresa ligada à principal acionista da Celera, a Perkin Elmer Biosystems, já possuía 47,5% da Shanghai GeneCore.Segundo Venter, a aquisição faz parte dos planos de expansão global da Celera e vai proporcionar acesso à diversidade genética vegetal, animal e humana da China,”fundamental para a expansão das informações genômicas da Celera”.

Republicar