guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Estratégias

Ciência de ponta para a África

A Universidade da Cidade Cabo, na África do Sul, abriga desde o mês passado um laboratório criado para pesquisar problemas de saúde e de segurança alimentar que atingem o continente africano. As instalações são o terceiro braço do Centro Internacional de Engenharia Genética e Biotecnologia  (ICGEB, na sigla em inglês), entidade ligada às Nações Unidas voltada para pesquisa, treinamento e transferência de tecnologia. A sede do instituto fica em Trieste, na Itália, e há um segundo laboratório em Nova Délhi, na Índia. “Vamos usar ciência de ponta para encontrar soluções africanas para problemas africanos”, disse à agência de notícias SciDev.Net o diretor do laboratório Iqbal Parker. Três linhas de investigação já foram definidas e vão envolver cerca de 25 pesquisadores. A primeira destina-se ao estudo de doenças infecciosas como a Aids, a malária, a tuberculose e a leischmaniose. A segunda vai ater-se a outras doenças, como diabetes, cardiopatias e câncer. A terceira terá como foco a biotecnologia agrícola.
Republish