guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Colômbia contra a mosca de mandioca

Cientistas colombianos desenvolveram uma inédita variedade de mandioca que resiste a um tipo de mosca branca, praga que compromete uma coleção de produtos agrícolas. As pesquisas foram lideradas pelo Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT) em parceria com a Corporação Colombiana de Investigação Agropecuária (Corpoica), com apoio do Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Colômbia e o Ministério de Assuntos Exteriores e Comércio da Nova Zelândia. A nova mandioca é um híbrido resistente a uma mosca branca conhecida como Aleurotrachelus socialis bondar.

Para os produtores, a variedade desponta como uma alternativa va-liosa. Além de ter produtividade elevada, de 33 toneladas por hectares, dispensa o uso de pesticidas. A mosca branca é uma praga de múltiplas faces: além da mandioca, também afeta as plantações de batata, batata-doce, tomate, berinjela, pimentão, feijão, entre outras 50 espécie.

Estão catalogados nos trópicos 43 tipos dessas moscas. Algumas são, ao mesmo tempo, pragas e vetores de outras enfermidades. As conclusões das pesquisas são um avanço importante para a agricultura e resultado de um esforço global envolvendo cientistas de 30 países, iniciado em 1997, para combater o inseto. A Colômbia coordena o projeto, que também conta com o apoio de laboratórios na Austrália, Alemanha, Nova Zelândia, Reino Unido e Estados Unidos, além de cinco centros internacionais de pesquisa.

Republicar