Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Cartas | 286

Comentários | 286

Amazônia
É espetacular o alcance da Amazônia (“A floresta da chuva”, edição 285). Não temos ideia do que ela representa. É necessário ler a reportagem para ter um mínimo de noção.
Geny Pugliesi

Para quem ainda acredita na ciência, a situação é preocupante (“As duas Amazônias”, edição 285). Os que não acreditam estão ajudando a acabar com a espécie humana.
Luiz Algarra

Vídeos
Isso é só a parte do que é relatado (“Pesquisadores sob ameaça. Como se proteger?”). É muito provável que inúmeros casos semelhantes não venham a conhecimento público.
Thiago Araujo

Vivas ao mestre Pavan (“Descoberta de brasileiro que transformou a genética ainda instiga pesquisadores”). Aos resistentes da luta pela ciência, Eduardo Gorab e José Mariano Amabis, boa sorte nos trabalhos.
Roque Furtado

20 anos da revista
Parabéns pelo 20º aniversário de Pesquisa FAPESP, que vem sempre com reportagens interessantes e didáticas e apresentação gráfica impecável. Vida longa a este trabalho de jornalismo científico.
Aracy P. S. Balbani

A divulgação científica é um tema necessário de se debater diante do contingenciamento de recursos da educação, ciência e tecnologia (“Resistência à ciência”). Na minha tese de doutorado, falo sobre a necessidade de promoção de conteúdo tecnocientífico. Sabendo da ótima qualidade das pesquisas brasileiras, resolvi verificar por que não são populares. Concluí que a precariedade na difusão ocorre mais por falta de dedicação e de habilidade em gestão comunicacional dos gestores de conteúdo (revistas científicas, pesquisadores, alunos) do que pela falta de interesse do público. Iniciativas como a de vocês contribuem para a mudança desse cenário.
Tatiana de Carvalho Duarte

Leio Pesquisa FAPESP desde 2002 e assino desde 2006. Percebi poucas mudanças no formato da revista ao longo dos anos. Porém, notei que reportagens sobre políticas afirmativas, boas práticas científicas e estudos de gênero, que há pouco tempo eram inexistentes, começaram a aparecer. É um avanço!
Thaís Schmidt

Correção
A seção Dados da edição 285 saiu sem a informação sobre o número de títulos de doutorado concedidos por instituições municipais. Abaixo, os gráficos completos.

Sua opinião é bem-vinda. As mensagens poderão ser resumidas por motivo de espaço e clareza.

Republicar