Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Como fazer mais veias

Pesquisadores do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil, ligados ao Instituto Gulbenkian de Ciência, em Lisboa, desvendaram como novos vasos sangüíneos se formam em regiões lesionadas. O desenvolvimento de novos vasos é essencial para a cicatrização: são eles que transportam proteínas antiinflamatórias para a região do ferimento, melhoram a oxigenação do tecido e levam nutrientes essenciais para a reconstrução da pele. Em artigo publicado em novembro na revista PLoS One, o grupo do oncologista Sérgio Dias mostrou que tudo depende da ativação da proteína Notch em células derivadas da medula óssea chamadas de células precursoras. Quando ativada, a Notch leva essas precursoras a aderirem à área da lesão, onde estimulam as células endoteliais – as que constituem veias e artérias – a produzirem vasos sangüíneos. Conhecer os detalhes desse processo pode ajudar no tratamento de feridas que resistem a cicatrizar, um problema comum em pessoas que sofrem de diabetes ou obesidade mórbida. Em casos severos de diabetes, essas feridas podem até levar à amputação do pé do paciente.

Republicar