Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Literatura

Construção de sentidos

O artigo “Leitor e leituras: considerações sobre gêneros textuais e construção de sentidos”, de Sandra Ferreira e Maria da Graça Dias, da Universidade Federal de Pernambuco, define a leitura como uma atividade de construção de sentidos que implica uma relação dinâmica entre leitor e texto. “A leitura varia de acordo com o leitor e seus objetivos, concebendo-a como uma atividade afetivo-cognitiva e como prática social”, dizem as autoras. Os conceitos de texto, contexto e gênero textual são discutidos, enfatizando a idéia de que o sentido se constitui na relação dialética entre autor, texto, leitor e contexto. “Essa relação favorece uma multiplicidade de sentidos e, ao mesmo tempo, delimita as possibilidades desta variação, determinando o jogo do implícito e do explícito”, contam. Para as pesquisadoras, ao mesmo tempo que o leitor precisa compartilhar dos sentidos construídos pelo autor, ele precisa também ser capaz de construir os seus próprios sentidos, que serão constituídos e orientados pelas suas vivências, experiências e conhecimentos.

Psicologia: Reflexão e Crítica – vol. 18 – nº 3 – Porto Alegre – set./dez. 2005

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722005000300005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Republicar