Prêmio CBMM
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Contra gripe ou inflamação

Eduardo CesarCAJU: USADO CONTRA INFLAMAÇÕES NO NORDESTEEduardo Cesar

Os moradores do Nordeste rural não são afeitos a novidades no que diz respeito ao uso de plantas medicinais. Interessado em conhecer o que as pessoas dessa região –  onde está metade da população rural brasileira –  utilizam para tratar problemas de saúde, Ulysses de Albuquerque, da Universidade Federal de Pernambuco, entrevistou 31 pessoas em Alagoinha, agreste pernambucano. Quase todas conheciam 48 espécies de plantas medicinais: 25 nativas da Caatinga e 23 levadas para lá de outras regiões. Mas nem todas são de fato empregadas para esse fim. Albuquerque constatou que as preferidas são 15 das espécies nativas: as mais usadas são o caju, a aroeira, a quixaba e a imburana-de-cheiro –  o chá da casca das três primeiras serve de antiinflamatório ou cicatrizante; o da última trata tosse ou gripe. Apenas três espécies de outras regiões são adotadas como medicamento (Journal of Ethnobiology and Ethnomedicine).  Para Albuquerque, as espécies menos utilizadas são vistas como alternativa para quando não há nativas disponíveis.

Republicar