guia do novo coronavirus
Imprimir Republicar

Estratégias

Crescimento moderado

Nas demais modalidades de auxílios regulares pode-se observar um crescimento geral moderado. Assim, foram concedidos 274 auxílios para organização de reunião científica entre janeiro e novembro de 1996, contra 226 em igual período do ano anterior, o que significa um crescimento de 21 %. O índice de concessão desses auxílios foi de 89% em 1996, contra 92% em 1995.

Para participação em reunião científica no Brasil foram concedidos 283 auxílios de janeiro a novembro de 1996, contra 220 em igual período de 1995, com um percentual de aumento na concessão de 29%. O índice de concessão foi de 72% em 1996 e de 69% em 1995. Reunião no exterior teve aumento de 31 % nas concessões, passando de 652 auxílios no período considerado de 1995, para 855 em 1996. O índice de concessão relativamente às solicitações passou de 89%, em 1995 para 66%, neste ano.

Os auxílios para vinda de pesquisador visitante do Brasil tiveram uma pequena redução: foram concedidos 29 em 1996, contra 31, em 1995. O índice de concessão também baixou de 95% para 91 %. Já os mesmos auxílios para pesquisador do exterior cresceram de 279 para 344, ou seja, 23%, com o índice de concessão de 91% neste ano, contra 95% no ano anterior. Finalmente, as concessões de auxílio à publicação passaram de 111 no período considerado de 1995 para 154 no mesmo período de 1996, com crescimento de 39%. Foi pequena a variação do índice de concessão: 4% neste ano, contra 77% no ano passado.

Republicar