Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

De olho nos poços de petróleo

Uma nova linha de sensores de fibra óptica, desenvolvida em conjunto pelas empresas QinetiQ, da Inglaterra, e Input/Output, dos Estados Unidos, vai trazer um grande avanço às companhias de exploração de petróleo e gás. O equipamento, previsto para entrar no mercado em 2006, será capaz de fazer imagens dos poços localizados em alto-mar. “Os sensores representam uma nova tecnologia nesse mercado”, afirmou Michael Gill, dirigente da QinetiQ, ao anunciar a aliança entre as duas empresas, no site www.optics.org.

Sensores de fibra óptica já são empregados na exploração de petróleo, fazendo a avaliação de variações de temperatura e pressão nos poços. O novo equipamento fará medições mais sofisticadas, de ondas sísmicas, por meio de interferometria. Essas medições só podem ser realizadas por aparelhos ultra-sensíveis, que ainda não existem no mercado. Os novos sensores de fibra óptica captarão as vibrações emanadas do solo e projetarão o desenho do poço. Os primeiros devem ser testados em dois anos.

Republicar