guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Desempenho vertiginoso

A Universidade de São Paulo (USP) inaugurou o supercomputador IBM PowerPC 970. Instalado no Centro de Computação Eletrônica, o sistema foi adquirido com apoio da FAPESP por meio do Programa Equipamentos Multiusuários, a partir de um projeto elaborado por um consórcio formado por 66 grupos de pesquisa da universidade. O supercomputador consiste em um cluster (aglomerado computacional) de 448 processadores que operam em conjunto. Juntos, atingem um desempenho de 2,9 trilhões de operações por segundo (teraflops). Ao lado de três equipamentos da Petrobras, o cluster entrou no Top 500, ranking dos computadores mais potentes do planeta – sendo o primeiro do país de uso acadêmico. Está na 363ª colocação, enquanto os da Petrobras ocupam as posições 273, 275 e 418 na lista. Será utilizado no desenvolvimento de projetos de diferentes áreas, com aplicações em economia, genômica, engenharia, meteorologia, astrofísica, física de materiais e mecânica de fluidos, entre outras.

Republicar