guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Oceanografia

Detalhes do fundo do mar

UNIVERSIDADE DE WASHINGTON Sentry: autônomo até 5 mil metros de profundidadeUNIVERSIDADE DE WASHINGTON

Para conhecer os efeitos do aquecimento global sobre a vida marinha, entender em que medida tensões no solo oceânico provocam terremotos e tsunamis e saber qual a capacidade dos oceanos de absorver os gases do efeito estufa, oceanógrafos norte-americanos planejam construir uma rede de laboratórios submarinos na costa dos estados de Washington e Oregon, na costa do Pacífico. A fim de encontrar os melhores lugares para as instalações, eles contam agora com a ajuda do robô Sentry (sentinela, em inglês), o mais novo integrante de um grupo de elite de submersíveis não-tripulados desenvolvido pelo Woods Hole, um centro de pesquisas oceanográficas dos Estados Unidos. Capaz de desviar de obstáculos de forma autônoma, mergulhar automaticamente, sem estar ligado a cabos, em depressões de até 5 mil metros de profundidade e fazer levantamentos cartográficos com precisão de um metro, ele já mapeou 53 quilômetros quadrados do solo oceânico. Projetados para coleta de dados que hoje são apenas inferidos estatisticamente, os laboratórios submarinos serão conectados a estações terrestres por meio de cabos.

Republicar