guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Ensino médico

Dificuldades para mudar

Apesar do reconhecimento da necessidade de mudanças no ensino médico, a prática docente tem-se mostrado resistente a modificações, de acordo com o trabalho de revisão “Docência no ensino médico: por que é tão difícil mudar?”, de Nilce Maria da Silva Campos Costa, da Universidade Federal de Goiás. O artigo identifica os fatores que limitam mudanças na prática docente em medicina. Entre eles, ressaltam-se a desvalorização das atividades de ensino e a supremacia da pesquisa, a falta de identidade profissional docente, a deficiência na formação pedagógica do professor de medicina, a resistência docente a mudanças e o individualismo dos professores universitários. É necessário estimular o desenvolvimento profissional permanente dos professores de medicina, como instrumento de reelaboração e de transformação desta prática.

Revista Brasileira de Educação Médica — v. 31 — nº 1 — Rio de Janeiro — jan./abr. 2007

Republicar