guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Políticas Públicas

Do setor privado ao ministério

MINISTÉRIO DE CIÊNCIA E INOVAÇÃO DA ESPANHACristina Garmendia: mudançasMINISTÉRIO DE CIÊNCIA E INOVAÇÃO DA ESPANHA

O governo espanhol recriou o Ministério de Ciência e Inovação, que fora extinto em 2004. Num gabinete em que as pastas são divididas equanimemente entre homens e mulheres, não causou surpresa o convite feito a Cristina Garmendia Mendizábal, 46 anos, bióloga molecular e ex-executiva de um conglomerado de biotecnologia, para assumir a função. A recriação do ministério agitou o ambiente acadêmico espanhol, porque promoveu mudanças estruturais. A nova pasta absorveu os centros nacionais de pesquisa biomédica, antes vinculados ao Ministério da Saúde, além de universidades que respondiam ao Ministério da Educação. Cristina defende as mudanças e rejeita os rumores de que as universidades serão pressionadas a atender interesses de empresas. “Mas queremos fortalecer a geração de conhecimento nas universidades para que ela também possa reverter em benefício da sociedade na forma de produtos ou serviços”, disse à revista Nature.

Republicar