Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Dolly vai para o museu

A mais fotografada das ovelhas deixou o mundo, mas entrou para a história. Primeiro mamífero clonado, Dolly foi sacrificada no dia 14 de fevereiro, por apresentar um problema pulmonar incurável. Aos 6 anos, exibia sinais de envelhecimento precoce, um problema que parece acompanhar os clones.

Ian Wilmut, o líder da equipe do Instituto Roslin, de Edimburgo, na Escócia, em que se fez a clonagem, não acredita que a doença esteja associada à clonagem, mas a uma infecção respiratória comum, verificada também em outras ovelhas alojadas com Dolly. Depois da autópsia, o corpo de Dolly deverá permanecer em exposição no Museu Nacional da Escócia.

Republicar