guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Dados

Doutorado no Brasil e em São Paulo

Em 2018 foram concedidos 22.894 títulos no país e 7.356 em São Paulo

  • Número para o Brasil é 6,0% acima do valor para 2017, quando foram concedidos 21.591 títulos
  • São Paulo, cujo número representou pequeno crescimento de 0,5% em relação ao de 2017, respondeu por 32% dos títulos concedidos no país
  • As três universidades estaduais paulistas, USP, Unicamp e Unesp, responderam por 23% dos títulos de doutorado concedidos no país e por 76% daqueles concedidos por universidades estaduais, em 2018

Números de títulos de doutorado e de publicações científicas crescem conjuntamente

  • É alta a associação1 entre as evoluções anuais dos números de títulos de doutorado concedidos
    e as de publicações científicas2
  • Os valores de m no gráfico são as inclinações das retas de tendência nos períodos considerados e indicam a variação no número de artigos por doutor formado
  • Entre 2005 e 2010 houve a inclusão de mais de 100 revistas brasileiras na base do Web of Science, que causou um período de crescimento mais acelerado, como mostra a quebra da linha para o total de publicações nesse período
  • Considerando-se apenas as publicações em revistas de outros países, a associação se mantém linear em todo o período (R2 = 0,99), indicando 2,2 artigos publicados a mais, para cada novo doutor formado

Notas (1) Os valores de R2 são sempre maiores do que 0,97 para todos os trechos considerados, 1994-2005, 2005-2010, 2010-2018. Não se considera associação como evidência de relação de causa-efeito. Nesse caso, as duas variáveis estão ligadas à expansão da pós-graduação no país. (2) Publicações dos tipos Article, Proceeding Paper e Review, com pelo menos um autor sediado no Brasil, indexados pelo Web of Science/Clarivate

Fontes Capes/MEC e Incites/Web of Science/Clarivate

Republish