Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Efeitos colaterais só nas farmácias

O tempo parece ser mesmo o melhor juiz. Um em cada cinco medicamentos apresenta sérios efeitos que só aparecem depois que os produtos se encontram há um bom tempo nas prateleiras das farmácias. A conclusão se baseia em um estudo publicado na edição de 1º de maio no Journal of the American Medical Association e realizado com base em 548 drogas aprovadas entre 1975 e 1999. Dessas, 56 foram tiradas do mercado por causa dos inesperados e intensos efeitos colaterais. O número de drogas nessa categoria salta para cerca de 20% quando se consideram os medicamentos liberados já no final do período analisado.

A Agência Federal de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos reconhece que tem reduzido as exigências para aprovação de novos fármacos, mas alerta para os médicos lerem com mais atenção as restrições ao uso listadas nas bulas. Os autores do estudo, coordenado por Karen Lasser, do Escola Médica de Harvard, fazem outra recomendação à classe médica: prescrever medicamentos mais antigos e comprovadamente seguros, a menos que os novos sejam realmente superiores.

Republicar