Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Bioenergia

Eletricidade das bactérias

Tecnociencias hidrogeenioDaniel BuenoUma combinação de bactérias, luz solar e água de esgoto pode levar a um sistema autossustentável para geração de hidrogênio, gás considerado um recurso futuro para produção de energia elétrica em geradores estacionários ou veículos. Um dispositivo capaz de produzir esse combustível que só gera vapor de água como resíduo foi desenvolvido por um grupo de pesquisadores da Universidade da Califórnia em Santa Cruz (UCSC), do Laboratório Nacional Lawrence Livermore e da Universidade Estadual de Virgínia (Virginia Tech). Ele é composto por uma célula a combustível microbial (MFC em inglês) que produz eletricidade com bactérias encontradas em águas de esgoto. Na MFC, as bactérias degradam a matéria orgânica da água residual e geram eletricidade através das membranas celulares. Os elétrons gerados são agregados à eletricidade obtida de um painel solar fotoeletroquímico para quebrar as moléculas de água em hidrogênio e oxigênio, no processo chamado de eletrólise. A vantagem do novo sistema é não utilizar energia de outras fontes para produzir hidrogênio, além de atender à necessidade de tratamento de águas residuais. Assinado pela equipe do professor Yat Li, da UCSC, o artigo foi publicado em outubro na revista ACS Nano.

Republicar