Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Embraer fica em São Paulo

O governador Mário Covas e o presidente da Embraer, Maurício Botelho, anunciaram em 24 de junho a decisão de construir a quarta fábrica da empresa em Gavião Peixoto, município paulista próximo de Araraquara. A empresa tem outras duas unidades em São José dos Campos e uma em Botucatu. O novo empreendimento implica a criação de um distrito aeroespacial que, para sua implantação, contará com um apoio da FAPESP no valor de US$ 10 milhões anuais, por um período de seis anos, realizado por meio de uma linha dentro do programa Parceria para Inovação Tecnológica, voltada para a pesquisa e desenvolvimento de tecnologia aeroespacial.

A planta envolve investimentos da ordem de R$ 340 milhões em dez anos e pretende gerar até 3 mil novos empregos diretos nesse período, a partir do início da operação industrial, previsto para setembro de 2001. Além da unidade onde serão produzidas oito aeronaves de uso civil e militar, a Embraer construirá uma pista de testes com cinco quilômetros. Na fábrica, que ocupará uma área de 150 milhões de metros quadrados, serão feitos ensaios de vôo, a montagem final de aviões e a manutenção de aeronaves.

Republicar