guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Energia do ambiente

Energia do ambiente

catarina bessellNovo equipamento captura e armazena energia eletromagnética dissipada de rádios, transmissores de televisão, redes de celulares e sistemas de comunicação via satélite. A energia transforma-se em eletricidade pronta para uso em etiquetas eletrônicas e equipamentos de identificação. Também tem capacidade para fazer operar pequenos equipamentos eletrônicos, como sensores e microprocessadores. A captura de energia é feita com um novo tipo de antena fabricada em uma impressora a jato de tinta e criada por uma equipe de pesquisadores do Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos Estados Unidos, liderados pelo professor Manos Tentzeris. A impressora aplica tintas condutoras sobre plástico flexível ou papel que podem ser instalados em aparelhos eletrônicos. As antenas, com uma banda ultralarga, são capazes de captar energia na faixa de frequência das rádios FM, de 100 megahertz a 15 gigahertz. Nos testes, os pesquisadores conseguiram operar um sensor de temperatura usando a energia eletromagnética capturada de uma antena de emissora de TV a meio quilômetro de distância. O projeto é financiado pela National Science Foundation, dos Estados Unidos, e New Energy and Industrial Technology Development Organization, do Japão.

Republish