Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Energia

Energia gerada por vibração

Vortex

A geração de energia eólica por meio da vibração de uma haste vertical de fibra de carbono (foto) é a proposta inovadora que a startup espanhola Vortex Bladeless começa a testar neste ano. O sistema dispensa as enormes pás e os barulhentos rotores das turbinas eólicas convencionais, potencialmente reduzindo o impacto nas rotas migratórias de pássaros e no incômodo às comunidades vizinhas. A tecnologia utiliza o fenômeno denominado vortex shedding, descrito em 1911 pelo físico húngaro Theodore von Kármán (1981-1963). Basicamente, o fluxo do vento gera um padrão cíclico de vórtices e faz vibrar um dispositivo cilíndrico fixado no solo. A oscilação gera energia mecânica, que é transformada em eletricidade por meio de alternadores. O aparelho produz 30% da energia obtida com um aerogerador tradicional do mesmo porte. A Vortex testará 100 minigeradores de 85 centímetros e, se der certo, repetirá o experimento com o Vortex Tacoma, de 2,75 metros e potência de 100 watts. Os dois equipamentos foram projetados para instalação em tetos de galpões e prédios urbanos.

Republicar