guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

SciELO

Epidemia de gordura

Obesidade

O título de uma canção escrita por John Lennon e Paul McCartney, Here, there and everywhere, serviu de inspiração para um estudo que revelou o quanto a obesidade se encontra presente na sociedade brasileira. Atualmente, esse é um dos mais graves problemas de saúde pública no mundo, e está avançando de forma rápida e progressiva, sem diferenciar raça, sexo, idade ou nível social. O assunto, que vem cada vez mais chamando a atenção da comunidade científica, é o fio condutor do artigo Prevalência, riscos e soluções na obesidade e sobrepeso: Here, there and everywhere, de Giuseppe Repetto, presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade (Abeso), Jacqueline Rizzolli, médica endocrinologista do Centro de Obesidade Mórbida, em Porto Alegre, e Cassiane Bonatto, médica residente do Serviço de Endocrinologia do Hospital São Lucas, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS). “Ao longo da história da Humanidade, ganho de peso e depósitos exagerados de gordura foram vistos como sinais de saúde e prosperidade”, aponta o estudo. Porém o artigo revela que, nos últimos anos, a obesidade deixou de ser um mero problema estético para tornar-se uma questão de saúde. “Como existe facilidade para se obter alimentos e o padrão de vida está cada vez mais sedentário, as pessoas comem cada vez mais e se movimentam cada vez menos, levando a um superávit calórico e favorecendo a obesidade nas pessoas predispostas geneticamente.” Hoje no Brasil, principalmente nas classes menos favorecidas, a população está passando da desnutrição para o excesso de peso e obesidade. “Se não forem tomadas atitudes eficientes para conter este surto, dentro de 20 anos os brasileiros estarão na atual circunstância dos Estados Unidos, onde a obesidade e suas complicações constituem um dos maiores problemas de saúde pública do país”, alertam os pesquisadores.

Arquivos Brasileiros de Endocrinologia e Metabologia – vol. 47 – nº 6 – São Paulo – dez. 2003
www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0004-27302003000600001&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Republicar