guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Espanha incentiva setor privado

A Espanha pretende elevar seus gastos com pesquisa e desenvolvimento, de 0,8% a 0,9% para 1,2% do PIB, nos próximos quatro anos, o que poderá representar um aumento de 10% no orçamento do governo para ciência já no próximo ano. O plano apresentado recentemente no Senado pelo ministro da Educação e Cultura, Mariano Rajoy, deverá ser aprovado pelo gabinete em outubro e pressupõe “aumentos lentos e contínuos” do investimento público em pesquisa, “revisado anualmente.”

As metas, segundo Rajoy, são encorajar o investimento privado em pesquisa, fortalecer o caráter internacional da ciência espanhola e estimular a cultura científica na sociedade. Para isso, atenção especial deve ser dada a questões de emprego, incluindo contratos de longo prazo para pesquisadores experientes em institutos de pesquisa. O investimento espanhol atual em P&D é muito inferior aos 2,2% do PIB dos países da OCDE e os gastos públicos ainda são maiores do que os do setor privado.

Republicar