guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Estudantes premiados

Quatro projetos de estudantes brasileiros foram premiados em cinco categorias na Feira Internacional de Ciências e Engenharias (Isef), promovida pela Intel e realizada na cidade do Reno, nos Estados Unidos, de 10 a 15 de maio. O projeto Consciência e ação: metodologia de educação ambiental, dos alunos Ana Claudia Cassanti, Felipe Seabra Fernandes e Ana Clara Cassanti, do Colégio Dante Alighieri, de São Paulo, ficou com o primeiro

ANA CLÁUDIA, FELIPE E ANA CLARA:EDUCAÇÃO AMBIENTAL Quatro projetos de estudantes brasileiros foram premiados em cinco categorias na Feira Internacional de Ciências e Engenharias (Isef), promovida pela Intel e realizada na cidade do Reno, nos Estados Unidos, de 10 a 15 de maio. O projeto Consciência e ação: metodologia de educação ambiental, dos alunos Ana Claudia Cassanti, Felipe Seabra Fernandes e Ana Clara Cassanti, do Colégio Dante Alighieri, de São Paulo, ficou com o primeiro

Quatro projetos de estudantes brasileiros foram premiados em cinco categorias na Feira Internacional de Ciências e Engenharias (Isef), promovida pela Intel e realizada na cidade do Reno, nos Estados Unidos, de 10 a 15 de maio. O projeto Consciência e ação: metodologia de educação ambiental, dos alunos Ana Claudia Cassanti, Felipe Seabra Fernandes e Ana Clara Cassanti, do Colégio Dante Alighieri, de São Paulo, ficou com o primeiro lugar na categoria Excelência em Ciências Sociais e Comportamentais e recebeu US$ 1.500,00. Ivan Lavander Candido Ferreira, do Colégio Guilherme Dumont Villares, de São Paulo, que isolou substâncias presentes em ovos de aranha que podem ser usadas na produção de antibióticos, foi duplamente premiado. Conquistou o segundo lugar na categoria Microbiologia e o quarto na cerimônia dos patrocinadores, concedido pela Sociedade Americana de Microbiologia. Ivan desenvolveu o projeto no Instituto Butantan, orientado pelo professor Pedro Ismael da Silva Junior. O estudante Rafael Telis Gazzin Pessoa, do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, ficou em terceiro na categoria Engenharia Elétrica e Mecânica com o projeto de um motor ecologicamente correto para aviões supersônicos. Felipe Gabriel Kuhn Soares, da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, de Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, elaborou um detector de pré-ignição e ficou com o quarto lugar na categoria Engenharia Elétrica e Mecânica. Participaram da feira 1.563 estudantes de 51 países, sendo que 15 deles foram selecionados durante a 7ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), realizada em março em São Paulo.

Republicar