Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Energia

Etanol de água industrial

A busca por combustíveis alternativos leva muitas vezes à procura por resíduos de biomassa até pouco tempo atrás impensáveis, como mostra um estudo de pesquisadores da Finlândia, da Islândia e de Taiwan. Eles acabam de identificar novas linhagens de bactérias com potencial para produzir hidrogênio combustível e etanol de água atualmente descartada por indústrias que fabricam açúcar de beterraba e de batata. O objetivo do grupo era prospectar microorganismos termofílicos (que vivem em ambientes com temperaturas elevadas) derivados de fontes de água quente, como as existentes na Islândia, capazes de participar do processo fermentativo que dá origem a tais combustíveis. A diferença entre esses microorganismos e as bactérias atualmente utilizadas em processos semelhantes é sua capacidade de suportar altas temperaturas. Os pesquisadores obtiveram culturas enriquecidas para produção de hidrogênio e etanol de várias fontes termais com temperaturas entre 50 e 78 graus Celsius. O estudo foi publicado na edição de janeiro-fevereiro da revista Energy & Fuels, da Sociedade Americana de Química. Embora os achados sejam promissores, os cientistas afirmam que novos estudos devem ser feitos para comprovar o verdadeiro potencial produtivo das bactérias recém-identificadas.

Republicar