Prêmio CBMM
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Etileno armazena hidrogênio

Um dos grandes desafios a serem superados para a viabilidade econômica de gerar energia elétrica por meio do hidrogênio em equipamentos chamados de células a combustível é a descoberta de novos materiais que possam armazenar grandes quantidades desse gás. Uma descoberta feita por um grupo de pesquisadores do National Institute of Standards and Technology (Nist), órgão ligado ao Departamento de Comércio dos Estados Unidos, e da Universidade Bilkent, da Turquia, pode ser a solução para o problema. Eles perceberam que ao conectar um átomo de titânio em cada uma das extremidades de uma molécula de etileno, que é formada por quatro átomos de hidrogênio ligados a um par de átomos de carbono, a molécula é capaz de absorver até dez moléculas de hidrogênio. Essas moléculas representariam 14% de peso total do complexo etileno-titânio e, para liberá-las, bastaria expor o material a uma fonte de calor moderada. A revelação ganha peso porque o etileno é uma molécula comum e barata, utilizada para diversos fins, inclusive a produção da maioria dos plásticos comuns.

Republicar