guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

sob controle

Experimentos sob controle

O Parlamento Europeu aprovou um conjunto de regras que restringem o uso de animais em experiências de laboratório. Segundo a agência BBC, ficam proibidos os testes com grandes primatas, como chimpanzés, gorilas e orangotangos, embora se possa recorrer a outras espécies dessa ordem de mamíferos. Utilizar mais de uma vez um animal só será permitido se o experimento impuser dor moderada. A ideia inicial era permitir a reutilização apenas em testes classificados como de dor leve, mas parlamentares concluíram que a reutilização reduz o total de animais envolvidos em experimentos e se mostraram preocupados com o risco de o continente perder competitividade na pesquisa de doenças crônicas. Estima-se que 12 milhões de animais sejam utilizados anualmente em laboratórios da Europa. O controle também vai aumentar. As novas normas, que substituem uma legislação de 1986, obrigam os laboratórios a obter autorização oficial antes de usar animais em testes e, numa vitória dos grupos de defesa dos animais, determinam o uso de alternativas não animais sempre que isso for possível. Os governos deverão fiscalizar regularmente os laboratórios, incluindo-se visitas sem aviso prévio.

Republicar