guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Tecnociência

Felicidade contagiante

LAURABEATRIZLonge de ser unicamente uma experiência individual, a felicidade de cada um depende da felicidade de outras pessoas com quem se está conectado. Depende também de proximidade para se espalhar, concluíram pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Diego (UCSD), Estados Unidos, após acompanharem de 1971 a 2003 a situação de saúde e a qualidade de vida em geral de 5.124 adultos com idade entre 21 e 70 anos. Eles verificaram que os participantes desse estudo mantinham 53.228 laços sociais com parentes ou amigos próximos. Depois avaliaram como as redes sociais contribuem para a felicidade individual: parceiros que se tornam felizes aumentam em 8% a probabilidade de o outro parceiro tornar-se também feliz, gêmeos próximos entre si podem ampliar a felicidade um do outro em 14% e os vizinhos em 34%; colegas de trabalho não alteraram os níveis de felicidade dos participantes desse estudo, publicado em 12 de dezembro no British Medical Journal. Outra conclusão é que a proximidade física é essencial para a felicidade se espalhar. A probabilidade de uma pessoa ser feliz aumenta 42% se um amigo que mora a menos de um quilômetro torna-se feliz; apenas 22% se o amigo mora até três quilômetros de distância; e muito pouco a distâncias maiores.

Republish