guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Fôlego para a ciência espacial

O astrônomo John Mather, de 60 anos, foi indicado para o cargo de cientista chefe da Nasa, a agência espacial norte-americana. Um dos dois ganhadores do Nobel de Física de 2006, em reconhecimento à pesquisa que comprovou a existência da radiação cósmica de fundo, Mather vai emprestar sua reputação para um esforço de reabilitação da agência promovido por seu chefe, Alan Stern, administrador das missões científicas da Nasa. “Eu não precisava acrescentar esse cargo ao meu currículo. Mas tem gente demais dizendo que a Nasa não está fazendo a coisa certa e nós temos de mostrar que temos um bom time e uma boa estratégia”, disse Mather à revista Science. O cargo vai mudar de perfil para abrigá-lo. Antes o cientista chefe era apenas uma espécie de consultor. Agora terá um corpo próprio de pesquisadores.

Republicar