guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Fôlego para o Hubble

A Nasa, agência espacial norte-americana, anunciou que enviará uma nova missão para fazer reparos e levar instrumentos ao telescópio espacial Hubble. A decisão de Michael Griffin, administrador da Nasa, revê decisão de seu antecessor, Sean O’Keefe, que decretara a aposentadoria do telescópio. Os astronautas da Test Servicing Mission 4 (SM4), prevista para 2008, levarão novas baterias e giroscópios para substituir dispositivos que estavam quebrados ou no limite de funcionamento. Sem a troca, a estimativa é que o Hubble deixaria de operar em 2009 ou 2010, podendo até mesmo reentrar na atmosfera por conta da falta de estabilidade provocada pelos giroscópios quebrados. Novos instrumentos também estarão na bagagem do shuttle, como um espectrógrafo para estudo da estrutura e composição de galáxias e gases intergalácticos e uma nova câmera para ampliar a capacidade de observação do Universo. Lançado em 1990, o telescópio espacial, em órbita a 600 quilômetros de altitude, tornou-se um dos mais importantes instrumentos da história da astronomia. Acumula feitos como a medição da idade do Universo e a descoberta de buracos negros no centro de galáxias.

Republicar