Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

COVID-19

Imunidade potencialmente duradoura

Célula (azul) de paciente com Covid-19 altamente infectada por cópias do novo coronavírus (vermelho)

Niaid / NIH 

Talvez esta seja uma boa notícia: a capacidade de o sistema de defesa reconhecer o novo coronavírus e combatê-lo parece durar ao menos oito meses. O grupo do virologista Shane Crotty, da Universidade da Califórnia em San Diego, Estados Unidos, avaliou 254 amostras de sangue de 188 pessoas que tiveram Covid-19 com diferentes graus de gravidade. Os pesquisadores acompanharam a evolução dos níveis de anticorpos e a quantidade de linfócitos B, as células que os produzem, e monitoraram dois tipos de linfócitos T: os CD4, que ativam os linfócitos B, e os CD8, que destroem as células infectadas pelo vírus. Os níveis de anticorpos variaram muito de uma pessoa para outra, mas a concentração sofreu um declínio apenas modesto após o sexto mês. A quantidade de linfócitos B, porém, foi maior nesse período do que no início da infecção. O número de linfócitos T caiu à metade depois do terceiro mês (Science, 6 de janeiro). Segundo os pesquisadores, os resultados sugerem a existência de imunidade duradoura na maior parte das pessoas.

Republicar