Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Química

Laser da alquimia

RICHARD BAKER/UNIVERSIDADE DE ROCHESTER Alumínio dourado, titânio azul e platina douradaRICHARD BAKER/UNIVERSIDADE DE ROCHESTER

Com a aplicação de pulsos de laser muito curtos, pesquisado­res da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, conseguiram criar alumínio dourado, platina dourada, titânio e prata azuis. O mé­todo, desenvolvido pe­lo professor do Instituto de Óptica, Chunlei Guo, e seu assistente, Anatoliy Vorobyev, per­mite fa­bri­car metais de todas as cores. Isso é possível porque a aplicação de pulsos de laser muito curtos, mas de alta energia, cria nanoestruturas e microestruturas sobre a superfície do metal que se quer colorir. Essas estruturas podem ser trabalhadas de maneira a refletir determinados comprimentos de onda, fazendo com que o metal fique com uma única cor ou uma combinação de cores. A vantagem é que as cores não desbotam com o tempo, porque o processo altera as propriedades da superfície do material sem utilizar nenhum tipo de revestimento. A técnica é a mesma anunciada há pouco mais de 1 ano pelo mesmo grupo de pesquisa, que resultou na criação de um metal negro, capaz de absorver a luz em todos os comprimentos de onda do visível. Desde então ela vem sendo aperfeiçoada para chegar a um metal que reflita praticamente qualquer cor.

Republicar