Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

Lei equipara salário de pesquisadores e docentes universitários

Uma reivindicaçãode muitos anosdos pesquisadoresdos institutos paulistasde pesquisa foi atendida.O governador Mário Covas sancionou a Lei Complementar nº 859/99 que equipara os saláriosdos pesquisadorescientíficos aos dos docentes universitários. A solenidade de assinatura da Lei ocorreu no dia 21 de setembropassado, no Salão de Despachos do Paláciodos Bandeirantes.

“Estamos na frente dos outros estados porque soubemos desenvolver a pesquisa”, disse na ocasião,o governador. “Os países irão avançar não pelos seus recursos naturais, pelo número de habitantes ou mesmo pelo tamanho do mercado, mas, sim, pelo seu grau de saber e conhecimento”, afirmou Mário Covas em seu discurso. “Vocês”, disse ele, dirigindo-se aos pesquisadores, “vão ser os portadores dessa passagem para o futuro”.

Participaram do ato o vice-governador Geraldo Alckmin, o presidente da Assembléia Legislativa de São Paulo, Vanderlei Macris, os secretários estaduais João Carlos Meirelles, da Agricultura e Abastecimento, José da Silva Guedes, da Saúde, José Ricardo Trípoli,do Meio Ambiente, e Antônio Angarita, da Secretaria de Governo e Gestão Estratégica, os deputados estaduais Jamil Murad, do PC do B, Mariângela Duarte, do PT, e Edmur Mesquita e Sidnei Beraldo, ambos do PSDB, diretores dos institutos de pesquisa e mais de duas centenas de pesquisadores, representados pelo presidente da Associação dos Pesquisadores Científicos do Estadode São Paulo, Nelson Braga.

Em seu discurso, Braga homenageou o ex-governador Franco Montoro, responsável pela criação dos cargos de pesquisadores científicos.

Republicar