Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Luz focada em campo remoto

Pesquisadores do Centro de Tecnologia de Fibra Óptica da Universidade de Sydney, na Austrália, produziram em laboratório uma fibra do tipo Fresnel (lentes que iluminam um objeto transparente, como num farol marítimo, para possibilitar a sua projeção) que supera o problema da difração da luz no espaço livre, funcionando como um guia de ondas eficiente de alta intensidade e focando a luz em campo remoto pela primeira vez na história.

A difração é um fenômeno que ocorre quando uma onda é limitada, em seu avanço, por um objeto opaco que deixa passar apenas uma fração das frentes dessa onda, e que pode ser observado como uma propagação para regiões além do objeto. Segundo os cientistas que a conceberam, a nova fibra óptica foca a luz sem precisar de lentes nos equipamentos de telecomunicações. John Canning, que chefia a equipe de pesquisadores, disse que ela é uma alternativa às fibras de cristal fotônico, usadas em telecomunicações.

O material é oco no centro e circundado por uma série de anéis concêntricos de espaços vazios. Os orifícios concêntricos apresentam índice de refração mais alto que o do orifício central. Se um feixe de laser é disparado contra essa estrutura, ocorre superposição, e ele se concentra no orifício central. “O princípio de superposição também possibilita o foco em campo remoto, agora demonstrado pela primeira vez”, explica Canning.

Republicar