guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Neuropsiquiatria

Mais mulheres na neurologia

Nas últimas quatro décadas houve um aumento na participação de mulheres na medicina. O artigo “A crescente participação da mulher na autoria de trabalhos publicados em neurologia no Brasil”, de Osvaldo M. Takayanagui e José Antonio Livramento, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, apresenta a participação de mulheres como autoras de artigos publicados em Arquivos de Neuro-Psiquiatria, revista oficial da Academia Brasileira de Neurologia. Foi analisada esta participação em quinquênios, a partir de 1945 até 2005. Neste período 950 artigos foram publicados. A participação de mulheres como primeiro autor apresentou aumento de 2,8% (1945) para 36,6% (2005) e como último autor (chefe de grupo) passou de 2,8% (1945) para 23,8% (2005).

Arquivos de Neuro-Psiquiatria – vol. 67 – nº 3b – São Paulo – set. 2009

Link para o artigo

Republish