guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republish

Imprensa

Mês de boas notícias

Pesquisa FAPESP ganha prêmios de jornalismo e estréia nova versão do site

EDUARDO CESARDiploma do primeiro lugarEDUARDO CESAR

Apesar da fama de mês agourento, agosto foi excelente para Pesquisa FAPESP. Duas reportagens da revista foram premiadas, o site ganhou novo desenho e seções e um dos jornalistas da redação teve dois artigos científicos aceitos para publicação, em colaboração com outros pesquisadores, em periódicos indexados.

A primeira dessas boas-novas estreou no dia 7 de agosto: o site da revista (www.revistapesquisa.fapesp.br) foi totalmente redesenhado para permitir uma navegação mais fácil e agora tem um sistema de busca mais eficiente. A página eletrônica traz o conteúdo integral de todas as edições da revista, do número 1 ao atual. Além de poder consultar sem restrição os textos publicados na versão impressa de Pesquisa FAPESP, o internauta encontra no site seções especialmente produzidas para o meio virtual. Uma delas é “O melhor das revistas”, que traz um resumo dos principais artigos publicados nos periódicos científicos Nature e Science.

Todas as segundas-feiras à tarde, o site disponibiliza também um arquivo de áudio, para ser ouvido no computador ou num tocador de música digital, com a íntegra do programa de rádio Pesquisa Brasil do fim de semana anterior. O programa, que traz notícias sobre ciência e tecnologia, com ênfase na produção nacional, é uma parceria da revista com a emissora Eldorado AM de São Paulo (700 kHz). Em breve, o site passará a publicar novas seções on-line, com conteúdo feito exclusivamente para o meio eletrônico, além de fornecer traduções das reportagens de Pesquisa FAPESP para o inglês e o espanhol.

Sem acaso
Também em agosto a repórter e colaboradora da revista Alessandra Pereira e o editor de ciência, Carlos Fioravanti, ganharam o primeiro e segundo lugares do Prêmio de Reportagem sobre Biodiversidade da Mata Atlântica, categoria veículo impresso, concedido pela organização não-governamental Conservação Internacional Brasil. As reportagens premiadas foram A vida entre folhas secas, de Alessandra, e Por que as florestas são diferentes, de Fioravanti. O reconhecimento pelos trabalhos publicados não foi por acaso. Pesquisa FAPESP sempre deu a importância que os temas ambientais merecem. Prova disso é que o concurso está na sexta edição e esta é a quinta vez em que os textos da revista são premiados.

Por fim, o editor especial Ricardo Zorzetto, jornalista e mestrando em ciências da saúde da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), participou como autor secundário da redação do artigo Mental health and psychiatry research in Brazil: scientific production from 1999 to 2003, publicado em agosto em um suplemento especial da Revista de Saúde Pública. Foi o primeiro autor de artigo aceito para publicação no Brazilian Journal of Medical and Biological Research, ainda sem data para sair. O provável título é The scientific production in health and biological sciences of the top 20 Brazilian universities. Todas essas novidades mostram o esforço que Pesquisa FAPESP faz para tornar-se melhor para seus leitores.

Republish