Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Nobel de Literatura

Meu compositor preferido

Bob Dylan: letras de música homenageadas em artigos científicos

Xavier Badosa Bob Dylan: letras de música homenageadas em artigos científicosXavier Badosa

A escolha de Bob Dylan para o Nobel de Literatura foi recebida com surpresa, mas já se sabia que a obra do compositor servia de inspiração em ambientes muito próximos ao prêmio. Em 2014, uma revista sueca revelou que pesquisadores do Instituto Karolinska, onde é feita a escolha do Nobel de Medicina, divertiram-se durante muito tempo escamoteando trechos de letras de Dylan em seus artigos científicos. A brincadeira começou em 1997, com um paper intitulado “Nitric oxide and inflammation: The answer is blowing in the wind”. No ano passado, pesquisadores do Karolinska resolveram procurar alusões a canções do compositor em outros periódicos. O resultado rendeu um artigo na revista TheBMJ: foram encontradas 727 referências a letras de Dylan na base de dados de artigos da área médica MedLine, sendo 213 homenagens inequívocas. A primeira aparece em 1970 na revista The Journal of Practical Nursing, no artigo “The times they are a-changin”, título de um sucesso de Dylan de 1964. Outros 134 artigos reproduziram o nome dessa música em seus títulos para sugerir que os tempos estavam mudando. “Blowin’ in the Wind” (1963) foi a segunda mais citada, com 36 referências. A conclusão dos autores é que o respeito de Dylan pela profissão médica, evidenciado num trecho da música ”Don’t fall apart on me tonight” em que ele diz “I wish I’d have been a doctor” (Gostaria de ter sido um médico), era recíproco.

Republicar