guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Miniaturização com nanotubos

Construir telefones celulares, computadores e outros aparelhos eletrônicos ainda menores do que os já existentes é uma meta perseguida pelos fabricantes desses equipamentos. Um estudo do Departamento de Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade Drexel, nos Estados Unidos, mostrou que o uso de nanotubos de carbono pode apressar essa miniaturização. Para serem utilizados na construção de tais equipamentos, os nanotubos de carbono, que medem de 1 a 3 na­nômetros de diâmetro (1 nanômetro equivale a 1 milímetro dividido por 1 milhão), precisariam ser estruturados com múltiplos transistores. Para isso, os pesquisadores da equipe do professor Christopher Li indicam a fabricação uniforme desses dispositivos em quantidade e com padrões controlados numa escala de algumas dezenas de nanômetros. Eles conseguiram cristalizar nanotubos sobre blocos de copolímeros, material produzido com dois tipos de polímero. Essa estrutura permite que os nanotransistores podem ser, de forma ordenada, instalados sobre os nanotubos. Assim, nesse circuito eletrônico extremamente miniaturizado os movimentos dos elétrons são mais bem controlados.

Republicar