guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

CNPq

Mudança no CNPq

O bioquímico Hernan Chaimovich: novo desafio

Eduardo cesarO bioquímico Hernan Chaimovich: novo desafioEduardo cesar

O bioquímico Hernan Chaimovich foi indicado à presidência do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, em janeiro. Coordenador do programa Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepid) da FAPESP, Chaimovich aceitou o convite. “Trata-se de uma nova responsabilidade e espero que a minha longa experiência em ciência e política científica nacional e internacional possa ser útil para o desenvolvimento harmônico da ciência, tecnologia e inovação no Brasil”, disse ele à Agência FAPESP. Graduado na Faculdade de Ciências Farmacêuticas e Químicas da Universidade do Chile, em 1962, o pesquisador veio para o Brasil com bolsa da FAPESP e fez doutorado na Universidade de São Paulo (USP) e pós-doutorado nas universidades da Califórnia, em Santa Bárbara, e Harvard, nos Estados Unidos. Foi professor na universidade do Chile e livre-docente, professor adjunto e professor titular de Bioquímica do Instituto de Química da USP. Chaimovich foi presidente da Sociedade Brasileira de Bioquímica e Biologia Molecular e é membro da Academia Brasileira de Ciências (ABC), atualmente ocupando posição de vice-presidente. Outra mudança anunciada pelo ministério é a transferência do climatologista Carlos Nobre da Secretaria de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento para a direção do Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais, criado em 2011 e localizado em São José dos Campos. O cargo na secretaria será ocupado por Jailson Bittencourt de Andrade, professor do Instituto de Química da Universidade Federal da Bahia.

Republicar