Prêmio CBMM
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Nanopartículas contra tumores

Um novo método de direcionamento de nanopartículas para combater tumores acaba de ser descrito por uma equipe de cientistas de várias instituições norte-americanas lideradas pelo Instituto Burnham de Pesquisa Médica. As partículas mimetizariam a ação das plaquetas, células sangüíneas responsáveis, entre outras coisas, pelo efeito de coagulação, e poderiam se dirigir a alvos específicos do organismo. Segundo os pesquisadores, o sistema é baseado em um peptídeo (pedaço de proteína) que reconhece as proteínas do plasma coagulado e se dirige seletivamente aos tumores. Neles, as nanopartículas se ligariam aos vasos sangüíneos e agiriam na obstrução dos vasos sangüíneos do tumor, eliminando-o. Numa linha de pesquisa similar, pesquisadores de um centro de nanotecnologia ligado à Universidade Stanford, também nos Estados Unidos, demonstraram, no primeiro experimento do gênero, que um nanotubo de carbono de parede simples envolto numa cadeia de polietilenoglicol, um polímero biocompatível, pode atingir com sucesso tumores em animais vivos e deixar medicamentos no local.

Republicar