Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

O bicho-da-seda transgênico

Após 12 anos de trabalho, finalmente deram certo as experiências de manipulação genética do bicho-da-seda (Bombyx mori), realizadas por duas equipes francesas – uma do Centro Nacional de Pesquisas Científicas (CNRS) e outra do Instituto Nacional de Pesquisas Agronômicas (INRA) de Lyon – em colaboração com grupos japoneses e americanos. Usando os mesmos métodos de manipulação genética do camundongo e da drosófila, os pesquisadores criaram um vetor, o transposon piggyBac, que se mostrou eficiente para enxertar, no patrimônio genético do inseto, genes que a partir de agora podem ser úteis não só para a produção de seda como para a indústria farmacêutica. O bicho-da-seda é um dos primeiros insetos do grupo dos lepidópteros a incorporar genes que lhe são estranhos.

Republicar