Prêmio CBMM
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

O cérebro consumista

Eduardo CesarPRAZER OU DOR? DEPENDE DO PREÇOEduardo Cesar

A decisão de comprar ou não um DVD, uma camiseta ou outras maravilhas do mundo do consumo não é tão simples quanto parece. Para entender os mecanismos envolvidos nessa escolha, Brian Knutson, da Universidade Stanford, examinou com um aparelho de ressonância magnética funcional a atividade cerebral de 26 pessoas que faziam compras virtuais (Neuron). Ele verificou que a compra de um produto desejado ativa uma região do cérebro chamada núcleo accumbens, ligada à sensação de recompensa. Quando o voluntário considerava o objeto de desejo caro demais, outra região cerebral,  a ínsula, entrava em funcionamento, enquanto o córtex pré-frontal mesial era desligado – a ocorrência simultânea desses fenômenos está associada à expectativa de perda e dor, uma indicação de que pulsões anteriores ao capitalismo controlam o desejo de consumir.

Republicar