guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Brasil

O lagarto que ama as flores

Lagartos não são tão bárbaros e brutos quanto poderiam parecer à primeira vista: alguns adoram flores. É o caso do mabuia de Noronha (Euprepis atlanticus) que se delicia com o néctar das flores de uma árvore, o mulungu (Erythrina velutina), que floresce na seca, durante quatro meses do ano. Só encontrado no arquipélado de Fernando de Noronha, o mabuia escala 12 metros da árvore até chegar às flores amarelas: retira não só o doce néctar como também a água que se acumula entre as pétalas. Bastante raro, esse hábito deve também beneficiar a polinização, já que o lagarto leva grãos de pólen de uma flor a outra, de acordo com um estudo publicado na revista eletrônica Biota Neotropica e coordenado por Ivan Sazima, com a participação de Cristina e Mariles Sazima, todos do Instituto de Biologia da Universidade de Campinas (Unicamp). Não se trata de uma dieta radical: o mabuia não hesita em comer os insetos que encontra entre uma árvore e outra.

Republicar