guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

O potencial da celulose

EDUARDO CESAREm palestra realizada no auditório da FAPESP, no dia 10 de setembro, Lee Rybeck Lynd, professor do Dartmouth College, nos Estados Unidos, destacou a importância da pesquisa do etanol de segunda geração, extraído da celulose. “Se o nosso objetivo é consolidar um setor de transportes eficiente e sustentável, sem os biocombustíveis essa meta será muito difícil, arriscada e mesmo improvável. Nesse contexto, a biomassa celulósica permanece promissora”, disse Lynd, que há 30 anos estuda rotas para a geração de biocombustíveis a partir da celulose (ver Pesquisa FAPESP nº 163). Convidado para um workshop do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (Bioen), Lynd enfatizou a importância de um projeto, coordenado por ele, que vai reunir uma equipe internacional de cientistas para discutir a viabilidade do uso dos biocombustíveis em larga escala, analisando, entre outras, a experiência brasileira de produção de etanol de cana.  “O projeto deve ser global a fim de que representantes de todos os países possam conversar abertamente sobre visões distintas”, disse.

Republicar