guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

O Universo invisível

Um grupo internacional de astrônomos revelou em janeiro o primeiro mapa ridimensional de um grande volume de matéria escura, forma desconhecida da matéria responsável por 80% da massa do Universo – os 20% restantes são matéria comum, prótons, nêutrons e elétrons que formam as galáxias. Como a matéria escura não pode ser vista porque não absorve nem emite luz, os astrônomos a mapearam por meio da observação da estrutura de meio milhão de galáxias. Com o auxílio dos telescópios espaciais Hubble e XMM Newton e de telescópios em terra nos Estados Unidos e no Chile, eles identificaram distorções que a matéria escura provoca na luz emitida pelas galáxias. O mapa da matéria escura revela uma rede de filamentos que se adensou próximo a aglomerados de galáxias entre 6,5 bilhões e  3,5 bilhões de anos atrás. Segundo Richard Massey, um dos autores do mapa publicado na Nature, a matéria escura é uma espécie de armação no interior da qual estrelas e galáxias se formam ao longo de bilhões de anos.

Republicar