guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Brasil

Perdas reduzidas na distribuição de água

Desde as estações de tratamento até chegar ao consumidor, conduzida através de reservatórios e tubulações, parcela considerável da água tratada é perdida. Para minimizar essas perdas, um grupo de pesquisadores da Escola de Engenharia de São Carlos (Eesc), da Universidade de São Paulo, criou um software que simula o comportamento das redes públicas de abastecimento. O modelo desenvolvido calcula as pressões na rede, levando em conta os vazamentos e a demanda. “O programa é aplicado a setores da rede e só pode ser utilizado com apoio de dados de campo”, explica a professora Luisa Fernanda Ribeiro Reis, que integra o Grupo de Estudos Avançados em Sistemas de Distribuição de Água. Os dados coletados são basicamente informações de pressão em alguns pontos e vazão em trechos da rede. “Os resultados obtidos apontam para considerável redução de vazamentos, com a instalação de válvulas redutoras de pressão em pontos mais adequados da rede de distribuição”, relata Luisa.

Republicar