Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Pesquisador premiado

O bioquímico Rogério Meneghini, professor do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP), diretor-associado do Laboratório Nacional de Luz Síncroton e coordenador-adjunto da FAPESP, recebeu o prêmio Rheinboldt-Hauptmann, entregue no dia 17 de novembro. Especialista em biologia molecular, Meneghini proferiu na ocasião a palestra “Os caminhos conflitantes dos elétrons de ferro (II) na célula”. O prêmio – criado em homenagem a dois professores alemães, Heinrich Reheinboldt e Henrich Hauptmann, fundadores do Departamento de Química da antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP, base do atual Instituto de Química – reconhece o trabalho de pesquisadores que tenham feito contribuições relevantes ao avanço da Química e da Bioquímica. Foi conferido pela primeira vez, em 1986, a Leopoldo de Meis, da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Republicar