guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Planador a hidrogênio

DLRPoluição zero: Antares voa pela primeira vez na AlemanhaDLR

O Antares DLR-H2 foi apresentado em julho na Alemanha, no aeroporto de Hamburgo, como a primeira aeronave tripulada no mundo a voar com a energia do hidrogênio por meio de células a combustível, que transformam esse gás em eletricidade. O planador foi desenvolvido pelo Centro Aeroespacial Alemão, DLR na sigla em alemão, em parceria com as empresas Basf Fuel Cell, Lange Aviation e Serenergy, da Dinamarca. As principais vantagens desse novo sistema de propulsão são a emissão zero de poluentes e o baixíssimo ruído. Ele pode voar por até cinco horas e percorrer distâncias de no máximo 750 quilômetros. A célula está fixada abaixo da asa esquerda e o tanque de hidrogênio na direita. O sistema produz 25 quilowatts (kW) de energia elétrica, mas o voo de cruzeiro requer apenas 10 kW. Uma das vantagens das células a combustível, já apresentada em automóveis, é a eficiência energética.
No caso do DLR-H2, esse número é de 44%, enquanto os motores convencionais a querosene ou diesel utilizam para se locomover entre 18% e 25% da energia total do combustível.

Republicar