Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Mundo

Preconceitos femininos

Tudo indica que as meninas normalmente fogem das carreiras em matemática, ciências exatas e engenharia porque não as vêem como uma ocupação social, mas, ao contrário, solitária. Numa conferência realizada em abril, Jacquelynne Eccles, da Universidade de Michigan, Estados Unidos, falou para pais e professores de um estudo que acompanhou 1.200 meninos e meninas de 1983 a 2002, quando os participantes completaram 30 anos. Segundo esse estudo, os pais fornecem mensagens que corroem a confiança das filhas em suas habilidades científicas e matemáticas. Mesmo que as meninas tirem notas melhores em matemática que os garotos, pais de meninas contaram que a matemática era mais difícil para a filha deles que os pais de meninos. Para Jacquelynne, pais e professores deveriam aumentar a confiança das meninas nas ciências e mostrar que os pesquisadores trabalham em equipe. Segundo ela, as crianças têm uma imagem falsa dos cientistas, vistos como homens, com cabelos despenteados, sempre concentrados e solitários. “Temos de mudar essa imagem”, diz Jacquelynne, “e dar às crianças uma imagem mais rica e sutil de como os cientistas são e trabalham”;.

Republicar