guia do novo coronavirus
Imprimir PDF Republicar

Estratégias

ProBE em expansão

O comitê dirigente do Programa Biblioteca Eletrônica (ProBE) realizou, nos dias 4 e 5 de agosto, um ciclo de reuniões com editoras e agentes fornecedores de assinaturas eletrônicas de periódicos científicos para avaliar as possibilidades de expandir o programa. Os entendimentos foram feitos com representantes das editoras norte-americanas Academic Press e High Wire Press e quatro diretores de agentes fornecedores que reúnem um grande conjunto de editores: Online Computer Library Center (OCLC), Blackwell’s, EBSCO Brasil e SWETS Subscription Service.

A coordenadora do ProBE e diretora do Sistema de Bibliotecas da USP, Rosaly Favero Krzyzanowski, adianta que, inicialmente, a idéia é estender a todas as instituições do consórcio (USP, Unesp, Unicamp, UFSCar, Unifesp e Bireme) o acesso eletrônico a títulos que só algumas possuem de forma impressa, eliminando duplicações de assinaturas ao mesmo tempo em que promove a transição para o acesso via Internet a artigos científicos. Nesta primeira etapa, serão apresentadas propostas elaboradas segundo critérios de qualidade, rapidez e valores agregados. Numa segunda fase, o programa vai incorporar novos periódicos e definir as normas para adesão de outras instituições.

Republicar