Guia Covid-19
Imprimir PDF Republicar

Tecnociência

Problemas no Pólo Norte

A última vez foi há 50 milhões de anos, mas aconteceu de novo: o Pólo Norte está começando a derreter. De modo totalmente inesperado, pesquisadores da Comissão Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, patrocinada pela ONU, verificaram que uma faixa de gelo de pelo menos 1,6 quilômetro de largura do Oceano Polar Ártico virou água, numa indicação de que o aquecimento global pode de fato estar afetando as condições climáticas em escala planetária. No início deste mês, numa viagem a bordo de um quebra-gelo russo, o oceanógrafo James McCarthy, da Universidade de Harvard, Estados Unidos, e um dos coordenadores da Comissão da ONU, encontrou camadas de gelo finas a ponto de serem atravessadas pela luz solar, que sustentava o plâncton, logo abaixo. Segundo ele, nunca antes havia sido encontrado água na superfície do pólo.

Republicar